Formulário de Consulta

CÓDIGO SENHA

Confiança dos micro e pequenos empresários piora em agosto

03/09/2015

A confiança do micro e pequeno empresário dos setores de varejo e de serviços, medido pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) e pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL), registrou 36,70 pontos em agosto.

O resultado, abaixo do nível neutro de 50 pontos, mostra um pessimismo ainda maior com o presente e futuro próximo da economia e dos negócios, em relação ao mês passado (37,06 pontos). Entretanto, melhorou a avaliação das expectativas em relação aos seus negócios para os próximos seis meses (56,30 pontos) e à economia (41,89 pontos).

O ICMPE é composto mensalmente pelo Indicador de Condições Gerais e o Indicador de Expectativas, com as opiniões dos micro e pequenos empresários nos 27 estados.

O Indicador de Condições Gerais mede a percepção do empresário em relação à trajetória da economia e de seu negócio nos últimos seis meses. Em agosto, registrou 20,17 pontos, indicando piora também em relação aos 23,39 pontos de maio, primeiro mês da série histórica.

Quando analisadas as Condições Gerais da Economia, o indicador marcou 14,49 pontos em agosto, contra 14,79 pontos de julho. Cerca de 87,5% dos micro e pequenos empresários acreditam que a situação econômica piorou muito nos últimos seis meses.

Já o indicador de Condições Gerais do Negócio sobre os últimos seis meses também é negativo, ainda que mais moderado, com 25,85 pontos ante 27,85 no mês anterior.
 
Expectativa
Em agosto, o Indicador de Expectativas registrou 49,10 pontos, ante os 48,87 pontos de julho. O resultado próximo dos 50 pontos indica que, na média, os entrevistados estão perto de considerar que o ambiente de negócios não deverá piorar nem melhorar nos próximos seis meses. Sete em cada dez micro e pequenos empresários não contam com queda no seu faturamento e acreditam numa estabilização ou crescimento.

Ao se analisar as Expectativas para a Economia, o indicador registrou 41,89 pontos em agosto - um resultado acima dos 41,76 pontos analisados em julho. Cerca de 48,7% dos micro e pequenos empresários dizem estar pessimistas com relação ao futuro da conjuntura econômica, enquanto 30,0% estão confiantes.

Único indicador a obter resultados acima dos 50 pontos, as Expectativas para os Negócios registraram 56,30 pontos, acima dos 55,98 pontos de julho. Pouco mais da metade dos empresários entrevistados (50,1%) está confiante em relação aos seus negócios.

tags: MPEs



<< Voltar

Avenida Governador Pedro de Toledo, 262 - Centro
Birigui/SP
CEP: 16200-045
Telefone: (18) 3649-4222
Whatsapp: (18) 99147-6469
Logotipo Facebook Logotipo Instagram Logotipo Whatsapp
Logotipo da Sophus Tecnologia