Formulário de Consulta

CÓDIGO SENHA

BIRIGUI AUMENTA EM MAIS DE 20% SEU PODER DE COMPRA NOS ÚLTIMOS QUATRO ANOS

09/11/2020

A avaliação positiva de Birigui em relação a governança e gestão dos recursos públicos e gerenciamento da cidade vem motivando cada vez mais o movimento de união local para as soluções e equalizações dos problemas que o município enfrenta nas adversidades dos impactos da pandemia. O restabelecimento de sua economia já apresenta bons sinais de recuperação nos empregos e no movimento de negócios retratados pelo Índice de Potencial de Consumo de Birigui publicado pela empresa IPC Marketing Editora Ltda, especializada no mapeamento do potencial de consumo das cidades brasileiras. O município de Birigui se destaca no ranking estadual e nacional apresentando potencial de consumo de R$ 3.559.491.571,00 para o ano de 2020. O resultado representa crescimento de 20,42% entre 2016 e 2020, ou seja, nesse período a economia biriguiense ampliou em mais de R$ 600 milhões de reais o seu potencial de consumo que passou de R$ 2.955.888.157 bilhões (2016) para R$ 3.559.491.571 bilhões em 2020. Esse resultado coloca Birigui entre os 60 municípios paulistas e 200 municípios brasileiros que apresentam dinamismo e robustez no mercado interno, cuja demanda em crescimento, é elemento impulsionador do desenvolvimento local. A pesquisa sobre o IPC de Birigui apresenta os resultados das evoluções setoriais no período evidenciando o desenvolvimento da cidade entre 2017 e 2020 que promoveu a abertura de novas empresas, atraiu investimentos, estimulou o desenvolvimento de novas atividades e despertou oportunidades do mercado local para empreendedores e consequentemente, a geração de emprego e renda com aumento do potencial de consumo. O estudo produzido pela instituição de pesquisa traz detalhes e apresenta informações sobre a quantidade de domicílios, a desagregação do consumo por classes de renda e também as 22 categorias de produtos, entre as quais: alimentação no domicílio; fora do domicílio; bebidas; habitação; higiene e limpeza; mobiliários e artigos do lar; eletroeletrônicos; vestuário e calçados; transportes urbanos; medicamentos; viagens; entre outras. Em relação as categorias de produtos constatou-se melhoria e avanços em várias delas entre 2016 e 2020, com destaque para habitação com incremento de 24%; mobiliário e artigos do lar com 12%; veículos próprios cresceu 167%; higiene e cuidados pessoais com 79%; educação 97% e materiais de construção que apresentou crescimento de 38% no período. Para o Secretário Municipal de Governo e coordenador do Praebi (Programa de Retomada das Atividades Econômicas de Birigui), Carlos Farias, o crescimento do consumo é uma referência para a gestão municipal e elemento importante dinamizador da economia tornando-a mais atrativa a novos empreendedores que avaliam oportunidades de mercado local para iniciar novos empreendimentos. Essa situação foi observada entre 2017 e 2020, período de aceleração na instalação de novas empresas em Birigui e mais recentemente com o apoio e a estimulação de novos créditos no mercado. “Seguindo uma política do governo local, o objetivo da administração municipal é de promover e valorizar as iniciativas integradas que estão dando certo com entidades e associações representativas dos setores produtivos, fazendo assim uma interação econômica e social equilibrada com o propósito de gerar emprego e renda e também elevar o potencial de consumo em Birigui”, comentou Farias. ESPECIALISTA EM ECONOMIA Para o especialista em economia local e regional, professor Marco Aurélio Barbosa de Souza, os avanços obtidos na alavancagem do potencial de consumo trazem diversos efeitos multiplicadores positivos para a cidade, entre eles a abertura de novas empresas. O pesquisador realizou minucioso levantamento das empresas que iniciaram atividade na cidade entre 2017 e 2020, e detectou correlação com o desempenho do crescimento do consumo no período. Cita como exemplo os ramos da habitação e material de construção. “Neste caso, destaca-se a instalação de 678 empresas em Birigui no ramo da construção envolvendo segmentos como: comércio de materiais de construção; comércio de materiais elétricos; comércio de vidros; obras de infraestrutura; demolição; instalação elétrica e hidráulica; obras de acabamento; serviços especializados na construção, entre outros”, afirma. Souza explica que o setor da construção é importante em decorrência da capacidade multiplicadora positiva e de irradiação para o sistema econômico municipal. “Ou seja, quando se constrói uma casa; prédio; salão comercial; indústria ou se realiza uma pequena reforma, as engrenagens da economia local se movimentam por meio das lojas de materiais de construção; elétricas e hidráulicas; casas de tintas; serralherias; madeireiras; empresas de transporte e de caçambas de entulho, além da contratação de construtores; carpinteiros; encanadores; gesseiros; vidraceiros; eletricistas e depois ainda tem muitas vezes a parte do acabamento com móveis planejados e até a compra de novos produtos como móveis e eletrônicos. O movimento ocorre em todos os setores da economia: comércio, serviços e indústria. Nota-se, portanto, a movimentação de uma grande cadeia produtiva que é muito representativa e importante na economia das cidades e gera muito emprego”, completa ele. Outro setor em que houve o crescimento do número de empresas foi da educação, com a instalação de 148 novos empreendimentos direcionados a atividade de apoio a educação infantil e ensino fundamental, cursos preparatórios para concursos, treinamento de informática, desenvolvimento profissional e gerencial e ensino de idiomas. O setor de comércio e reparação de veículos automotores também foi beneficiado com a instalação de 274 novas empresas nos ramos de comércio de peças e assessórios; pneus; comércio de motocicletas e motonetas; funilaria; lavagem e lubrificação, borracharias, entre outros. Em resumo, somente os três segmentos citados representaram mais de 1000 novas empresas na cidade entre 2017 e 2020 e centenas de novos empregos.

Fonte: Folha da Região



<< Voltar

Avenida Governador Pedro de Toledo, 262 - Centro
Birigui/SP
CEP: 16200-045
Telefone: (18) 3649-4222
Whatsapp: (18) 99147-6469
Logotipo Facebook Logotipo Instagram Logotipo Whatsapp
Logotipo da Sophus Tecnologia