Formulário de Consulta

CÓDIGO SENHA

Atacado paulista gera empregos formais pelo quinto mês consecutivo e mostra reação do setor

01/11/2017

O mercado de trabalho do comércio atacadista no Estado de São Paulo consolidou seu processo de reação ao registrar pelo quinto mês consecutivo saldo positivo de empregos. Em agosto, foram abertos 1.868 postos de trabalho, resultado de 15.489 admissões e 13.621 desligamentos. Observando a movimentação de vagas apenas nos meses de agosto, nota-se que o desempenho de 2017 é o melhor desde 2014 e supera o registrado em 2016 em 742 vagas. Com isso, o setor encerrou o mês com estoque total de 496.606 trabalhadores formais. No saldo acumulado de janeiro a agosto, foram abertos 4.664 empregos formais, e em 12 meses, foram 2.488 novas vagas.

Os dados são da Pesquisa de Emprego no Comércio Atacadista do Estado de São Paulo (PESP Atacado), realizada mensalmente pela Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de São Paulo (FecomercioSP) com base nos dados do Ministério do Trabalho, por meio do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) e das informações sobre movimentação declaradas pelas empresas do atacado paulista. As informações mostram o nível de emprego do comércio atacadista em 16 regiões e dez ramos de atividade.

Entre as dez atividades pesquisadas em agosto, o destaque positivo ficou por conta dos segmentos de produtos farmacêuticos e higiene pessoal (3,2%) e alimentos e bebidas (1,7%), que apresentaram as maiores taxas de crescimento no estoque de empregos na comparação com o mesmo mês de 2016. Os piores desempenhos foram vistos em materiais de construção, madeira e ferramentas (-2,1%) e máquinas de uso comercial e industrial (-1,2%).

Com relação às ocupações no setor, em agosto, vendedores e embaladores foi a que apresentou o maior ganho de vagas (466 vagas). Em segundo lugar ficaram os embaladores e alimentadores de produção (253 vagas). No saldo acumulado de 12 meses, as funções com maior número de vagas abertas foram: vendedores e demonstradores (2.437 vagas) e embaladores e alimentadores de produção (1.771 vagas).

De acordo com a assessoria econômica da FecomercioSP, o dado de agosto ratifica o processo de reação do mercado de trabalho do atacado paulista, já observado no mês de julho. Mesmo estando abaixo da geração de vagas do mês passado, ressalta-se que quase 2 mil vagas com carteira assinada foram geradas - um número importante, que reflete crescimento de 0,4% no estoque de vínculos formais.

A Federação explica que o atacado de produtos essenciais, principalmente alimentos, bebidas e produtos farmacêuticos teve papel fundamental na recuperação do mercado de trabalho. Além disso, a variação positiva do segmento de atacado de papel e papelão é um importante indicador de reaquecimento econômico. Aos poucos, o consumo é menos impactado pela inflação e estimulado por crédito mais acessível (ainda que residualmente). Com isso, as vendas do varejo avançam e puxam para cima o desempenho de indicadores do atacado.
 

 

Fonte: Fecormercio

tags: Acib, Informação, Comércio



<< Voltar

Avenida Governador Pedro de Toledo, 262 - Centro
Birigui/SP
CEP: 16200-045
Telefone: (18) 3649-4222
FACEBOOK ACIB
DESENVOLVIDO POR SOPHUS TECNOLOGIA